Reajuste das tarifas de pedágio chega até 8,06%

Foram homologados nesta terça-feira 28/11 pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar), órgão do governo do Paraná, os valores de reajuste de tarifas que passam a valer a partir desta sexta-feira (1º de dezembro).

O reajuste anual contratual vai variar de 2,75% a 3,89%, valor próximo à inflação do período, medida em 2,70%, segundo o IPCA. No entanto, a agência havia homologado anteriormente, também com vigência a partir de 1º de dezembro, a aplicação da revisão tarifária de quatro das seis concessionárias, para cobrir os custos de obras não previstas em contrato, como viadutos e duplicações, ou obras cujo cronograma foi antecipado.

Com isso, o reajuste anual nas tarifas, juntamente com os valores das revisões tarifárias aprovadas anteriormente, de acordo com cada concessionária, terá variação entre 2,75% e  8,06%, em média.

Nas praças de pedágio de Arapongas (BR-369) e de Mandaguari (BR-376), de responsabilidade da Viapar, a tarifa para carros e caminhonetes passará de R$ 8,20 para R$ 8,90. O valor das motos subirá de R$ 4,10 para R$ 4,50. Já nas praças de Tibagi, Imbaú e Ortigueira (BR-376), da Rodonorte, a tarifa para carros e caminhonetes passará de R$ 10,50 para R$ 10,90, enquanto as motos a tarifa passará de R$ 5,30 para 5,50.

Confira abaixo o percentual de reajuste médio por concessionária no Paraná, segundo a Agepar: 

Rodonorte – 3,24%;

Ecovia – 3,83%;

Ecocataratas – 2,75%;

Viapar – 8,06%;

Caminhos do Paraná – 4,37%;

Econorte – 5,13%;

Confira no link abaixo todos os novos reajustes.

aen.pr.gov.br/arquivos/2811tabelapedagio.pdf

OUÇA AO VIVO
BAIXE EM SEU CELULAR
PUBLICIDADE